Consulte o acervo da Revista Pellegrino utilizando a busca.

Paleta de cordeiro assada ao forno

Paleta de cordeiro assada ao forno

26/09/2018

 

A tradicional receita de família cai muito bem para comemorar os bons resultados na Pedrinho Auto Peças

Por Rosiane Moro


 

Roda de amigos, boas histórias e muita risada. O clima alegre e cheio de calor humano está presente tanto no balcão da Pedrinho Auto Peças quanto à mesa na casa do proprietário Walter Zambenedetti. É que receber bem as pessoas é tradição passada de pai para filho, não importa se no local de trabalho ou no aconchego do lar.

Walter tinha só 14 anos quando ajudou o pai, Pedro Zambenedetti, e o tio, Aristides Ceratti, a construírem as prateleiras da loja instalada no centro da cidade de Frederico Westphalen (RS). Ainda menino trabalhou como office boy, estoquista, atendente. Saiu para estudar em Santa Maria, mas retornou quando o tio adoeceu, e resolveu comprar sua parte na sociedade. A maior lição aprendida ao ver o pai na ativa é que, mais do que vender peças, um bom comerciante vende solução de problemas. Isso rende bons frutos até hoje. “Nossos clientes são extremamente fiéis, chego a atender até três gerações da mesma família, e o mesmo acontece com nossos colaboradores. Tem gente aqui com mais de 35 anos de casa”, conta Walter.

Se tradição e confiança são particularidades da Pedrinho Auto Peças, a inovação não fica para trás. Walter sabe muito bem que a longevidade da empresa depende de atualizações constantes e, para acompanhar as evoluções do mercado, optou por ingressar na Rede PitStop. O empresário lembra da rica experiência de visitar com os colegas franqueados autopeças na Alemanha e nos Emirados Árabes. “Com a rede consigo trocar experiências e ver o que funciona em outros mercados dentro e fora do país. Além disso, conto com uma consultoria que me ajuda com a gestão da empresa”, explica.

Em abril, Walter inaugurou a primeira filial, mesmo sabendo não ser nada fácil empreender no Brasil. “A crise atravanca o país, mas a gente dribla esse cenário com muita obstinação, trabalho, criatividade e reserva de caixa”, destaca. Já para tirar o gosto amargo das oscilações da economia, o empresário recorre a uma tradicional receita de família: uma bela paleta de cordeiro assada no forno. Para acompanhar, um bom vinho. Branco ou tinto, ao gosto do freguês, como seu pai lhe ensinou.

Ingredientes

» 2,5 kg de paleta de cordeiro

» ½ colher de chá de açúcar

» ½ colher de chá de sal

» ½ colher de chá de noz moscada

» 6 folhas de louro

» 1 cabeça de alho

» 1 ½ cebola picada

» 300 g de massa de tomates

» 300 ml de azeite

» Pimenta a gosto

» Ramo de alecrim (segredo do sabor especial)


 

Preparo

Bata os ingredientes no liquidificador até formar uma pasta consistente.

Forre uma forma com papel alumínio suficiente para envolver toda a paleta.

Coloque a paleta sobre o papel alumínio, faça sulcos com a faca e regue com o molho. Feche o papel alumínio e deixe marinar por 30 minutos. Leve ao forno por 3 horas a 250º C (a carne deve soltar do osso). Acompanha arroz branco, mandioca (cozida ou frita) e salada mista.