História

Atitudes coerentes

Escrito por admin -

A Marcopeças consagra sua trajetória de sucesso com uma administração consistente e boa reputação no mercado

Por Rosiane Moro

Se pedir para Marco Antônio Fronho resumir sua trajetória profissional em apenas uma palavra, com certeza esta será “autopeças”. Desde que iniciou sua carreira em uma concessionária Ford, aos 13 anos, nunca mais abandonou o segmento. Do fim da década de 1980 para cá, o empresário acumula 42 anos de experiência no mercado, sendo 23 deles à frente de sua própria loja, a Marcopeças, de Araçatuba, no interior de São Paulo, especializada em peças para a linha leve, camionetes e vans. O amplo conhecimento na área foi essencial para fazer a empresa crescer em ritmo gradual, porém sempre consistente, mesmo em meio às turbulências políticas e econômicas do país.

Segundo o proprietário, o sucesso do empreendimento está alicerçado em um tripé formado por honestidade, colaboração e parceria. “Fazemos questão de ser uma empresa transparente. Os clientes confiam no nosso trabalho porque aqui só vendemos peças originais e de procedência garantida”, conta Marco. O item “colaboração” está no time de 40 funcionários devidamente capacitados para atender às demandas dos clientes. “Sei que o crescimento da minha empresa está diretamente ligado ao trabalho da minha equipe. É uma troca, onde todos precisam sair ganhando. O meu gerente, por exemplo, está na empresa há 20 anos e os meus dois filhos, André e Michele, também trabalham na casa.”

Parceria

Na última haste do tripé está o item “parceria”, e Marco faz questão de destacar a sinergia com a Pellegrino. “É uma das poucas empresas éticas do segmento, que respeita as relações comerciais da reposição e jamais vende para o consumidor final. Temos uma longa história de cooperação, que pretendo manter por muitos anos.”

A maioria dos negócios da Marcopeças ainda acontece de forma presencial, com cerca de 300 atendimentos diários. Mas há uma grande demanda por entregas, com vendas via telefone e principalmente por WhatsApp. “Cada vendedor tem um celular da empresa para os atendimentos via aplicativo de mensagens. Tenho 14 motos que rodam o dia inteiro fazendo entregas”, explica.

A próxima grande empreitada está no lançamento do site de e­­commerce. “Não tem como fugir disso e já estamos trabalhando na criação da nossa loja virtual. Assim como o carro elétrico, essa é a nova realidade do mercado”, diz Marcos. Com o fim da pandemia e a vacinação de toda sua equipe, o empresário também pretende voltar com o processo de capacitação dos funcionários, com cursos presenciais no Sebrae e nos fabricantes de peças. No momento, os treinamentos estão restritos a palestras em vídeos disponíveis na internet.

Copyright © 2021 • Pellegrino - Todos os direitos reservados